quinta-feira, maio 27, 2010

Dúvidas de mãe

Lembra da mulher relativamente focada que costumava habitar seu corpo antes da maternidade? Pois é, foi embora levando sua cabeça livre de preocupações, seu sono em dia, sua classe e etiqueta. E sobra você, infinitamente mais feliz, mas com a cabeça cheia de dilemas:

- Encho a casa de câmeras e fico paranóica ou somente fico paranóica?
- Episódio inédito de Desperate Housewifes ou preencher o 'Livro do bebê'?
- Baby Einstein ou Backyardigans?
- Baby-sitter e balada ou baby-sitter e mais horas de sono?
- Salto básico e baixo ou salto alto e Dorflex?
- Estée Lauder ou Johnsons?
- Dar bronca ou dar risada?
- Almoço longo, com conversas e cheio de saudades ou almoço voando, com cadeirão, bagunça e gritos?
- Compras para mim e para ela ou para ela e para ela?
- Massagem e manicure ou aula de música infantil?
- Tentar assumir a 'super nanny' em público ou voltar para casa correndo?
- Pássaro e cachorro ou piu-piu e au-au?
- Domingo na cozinha ou papinha da Nestlé?
- Curtir a retomada de posse do seu peito ou ter mais um filho?
- Mimar demais e culpar a genética de ídiche mame ou mimar demais e pagar terapia mais tarde?

To be continued...

6 comentários:

Anônimo disse...

Os dilemas nunca terão fim,só um eu consegui resolver quase 30 anos depois....a super nanny é o maximo,a se tivesse ela no meu tempo....

Beta disse...

Muito bem lembrados! Eu também vivo isso!
As vezes dou bronca e saio correndo para dar risada! bjs

Anônimo disse...

ah! quantas dúvidas!!
será que quando eu tiver filhos também as terei?

Tali disse...

Apesar de todas essas dúvidas, é só olhar no rostinho deles que nos sentimos as pessoas mais felizes e mais realizadas deste mundo!!!

Karina disse...

Sensacional sis..... pode mimar e culpar a genética hahahahah

Anônimo disse...

ah! não vou mais seguir este blog... está muito desatualizado... vê se aparece!