quinta-feira, março 11, 2010

Gente, o mundo das festas infantis é um planeta a parte, com cifras estratosféricas.
Só um bolinho é quase uma heresia aos ouvidos dos habitantes da festolândia, que falam a lingua do tem-que-ter.
Aguardem cenas do próximo capítulo...

Um comentário:

lucianakow disse...

get used to......é f......! Ajuda um pouco ser prendada!!